Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

Elisa Ferreira, a quase candidata socialista à autarquia do Porto, em entrevista ontem ao Jornal de Notícias, teve três tiradas a destacar:

 

1ª (positiva) - "Uma candidatura, que poderá ser o que a cidade precisa, terá de ser abrangente com um núcleo central socialista, mas que se abra à sociedade civil, quer à Esquerda, quer à Direita."

 

Será interessante acompanhar, neste caso, como noutros, a compatibilidade entre Sociedade Civil e o que se apelida de aparelho. Quase sempre, aquela sai a perder.

 

Em grande parte dos casos, é necessário satisfazer as tendências, facções, juventudes...

 

Entre eleições, os partidos não têm suficiente actividade, que possa ser atractiva para a Sociedade Civil. Resultado, porque a aproximação não se verifica nessa altura, quando chega a campanha, o aparelho vê aí uma interferência "ilegítima".

 

2ª (positiva) - Pergunta: "A governação de Rui Rio afunilou o discurso político no Porto?

Resposta: Não me interessa discutir as pessoas. Estarão a fazer o melhor que são capazes."

 

Uma abordagem diferente. Para quê hostilizar e criar clivagens desnecessárias? São os projectos que estão em causa. Não as pessoas.

 

3ª (negativa) - Pergunta: "E se perder, ficando apenas como vereadora, também deixa o PE (Parlamento Europeu)?

Resposta: É um assunto que veremos na altura."

 

Os projectos só são interessantes quando se ganha? Só se serve a cidade quando se é Presidente? O papel do Vereador é assim tão diminuto?



publicado por notasdeabrantes às 14:29 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Até outro dia!

Os Tribalistas

Manuela já tem sucessor

Placard Informativo

Empresas que mexem

Portas-Abertas nos Bombei...

O Campo dos Media

Para pensar

A Comunicação como apoio ...

A política de Portas-Aber...

arquivos

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds